Abes na mídia - Poli UFRJ divulga resultados preliminares do Monitora Corona
 
 
 
 
/////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////
19/1/2021 - / Por
 

 

O portal da Escola Politécnica da UFRJ publicou sobre os resultados preliminares do estudo “Monitoramento Espaço-Temporal da Concentração de Sars-Cov-2 nos Esgotos Sanitários da Região Metropolitana do Rio de Janeiro (RMRJ) como Estratégia de Apoio às Ações de Vigilância Epidemiológica da Covid-19” conhecido como “Monitora Corona”, que teve os dados divulgados no último dia 13 em Webinar da Abes-Rio.

“Os primeiros resultados já mostram a evolução da presença de fragmentos do vírus no tempo e espaço em diferentes locais da Região Metropolitana do Rio. Já sabemos que se trata de uma ferramenta de apoio para as estratégias da Secretaria de Saúde no combate à epidemia da Covid-19, principalmente pela identificação das áreas com maior concentração da carga viral”, comentou o professor Isaac Volschan Junior, do Drhima/Poli/UFRJ, responsável pelo coordenação executiva do estudo, em conjunto com a professora Iene Figueiredo, num trabalho que envolve também alunos de doutorado, mestrado e estagiários de graduação em engenharia ambiental.

O Monitora Corona foi estruturado de forma a cobrir vasta área territorial da RMRJ, envolvendo partes dos municípios do Rio de Janeiro, Duque de Caxias, Nilópolis, São João de Meriti, Mesquita, Belford Roxo e São Gonçalo. O estudo seguirá até o final de julho, mas há possibilidade de ser ampliado para outros pontos do Estado. Atualmente, as amostras de esgoto coletadas nos municípios citados correspondem a quase 4 milhões de habitantes – cerca de 40% da população da Região Metropolitana.

Confira a matéria na íntegra: https://bit.ly/3qxqXM4

 
/////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////
 
 
 
Últimas Notícias

25/05/2021
Os novos desafios da gestão do saneamento no Rio de Janeiro 

24/01/2022

ABES-Rio apresenta o Webinar Monitora Corona na próxima semana (31/01)

20/01/2022

ABES-Rio comunica:IBGE lança 3º edição do Atlas de Saneamento

17/12/2021

ABES-Rio participa do lançamento Programa Sanear Guandu

.
    Saiba mais >>
.
.
    Saiba mais >>
.
.
    Saiba mais >>
.
.
    Saiba mais >>
.
 
Av. Beira Mar, 216 - Sala 1103
CEP 20021-060 / Centro - Rio de Janeiro / RJ


abes-rj@abes-dn.org.br


(21) 98691-2615 (WhatsApp)